11ª Bienal de Arquitetura de São Paulo anuncia a programação da Exposição

Do dia 28 de outubro até o final de dezembro, a cidade de São Paulo será palco de uma Bienal de Arquitetura diferente: mais de 40 atividades de diversos tipos e formatos abrem ao público a vivência de processos de desenho na cidade, acompanhados da exposição da 11ª Bienal, com centenas de trabalhos de referência.   A proposta tem o objetivo de aproximar a arquitetura de outras formas de coprodução urbana, com o objetivo de construir um projeto coletivo e colaborativo de cidade.

11a Bienal de Arquitetura
11ª Bienal de Arquitetura

Com a proposta de discutir imaginários da cidade e a utilidade pública da arquitetura para um projeto coletivo e colaborativo de cidade, a 11ª Bienal de ArquiteturaEm Projeto, inaugura em 28 de outubro, no Sesc Parque Dom Pedro II, a primeira mostra da Exposição da Bienal, acompanhada de seu primeiro Módulo Satélite sobre rodas. No dia seguinte, funcionará também o segundo Satélite, no Sesc Campo Limpo. O calendário de aberturas das demais exposições continua na semana seguinte, no dia 4 de novembro, quando serão inauguradas as exposições na Vila Itororó, Biblioteca Mário de Andrade e Praça das Artes. Além destes locais, outros espaços parceiros como a Casa do Povo e Ocupação 9 de Julho integrarão o roteiro da mostra. A Exposição pode ser visitada até o final de dezembro, com exceção da mostra instalada no Sesc Dom Pedro II, e de seus dois Módulos Satélites, que seguirão abertos até fim de janeiro de 2018.

 

11ª Bienal de Arquitetura, uma realização do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) com curadoria do arquiteto Marcos L. Rosa, que coordena um grande grupo de colaboradores, e correalização do Sesc São Paulo, se estrutura como uma série de ações na cidade, realizadas por grupos atuantes em São Paulo e ações propostas junto a convidados do Brasil e do mundo. A programação dessas atividades já começou e as ações abertas ao público ocorrerão de novembro a dezembro e serão divulgadas no site do evento. Tais atividades são articuladas à exposição de uma série de iniciativas por todo o mundo, compiladas no Observatório da Bienal e resultantes de seu processo de investigação e pesquisa.

 

A exposição da Bienal acontece numa rede de espaços oficiais, onde há uma programação fixa; espaços parceiros, que receberão programações pontuais; e Módulos Satélites sobre rodas, que articulam e dão visibilidade às ações da Bienal, atomizadas pela cidade, dando suporte para interação, convívio e diálogo. A 11ª Bienal, para além de uma exposição, é um processo de pesquisa e troca fomentada por uma programação contínua de ações por toda a cidade que permitem a experiência efetiva de processos de produção do espaço. A agenda completa destas ações pode ser acompanhada pelo site do evento e pelo facebook.

 

Além do trabalho do núcleo de conteúdo da Bienal, responsável pela curadoria do evento, as Chamadas Abertas receberam mais de 500 propostas, das quais aproximadamente 100 foram selecionadas. Trata-se de mais de 40 atividades e ações propostas que ocorrerão por toda a cidade de novembro a dezembro deste ano, além de alguns trabalhos de referência que integraram o Observatório da Bienal - em formatos como fotografia, vídeo, áudio, representações gráficas, guias e manuais - e publicações e coleções que serão apresentadas na Biblioteca da Bienal, a partir do dia 4 de Novembro.

 

Além de ações e intervenções pela cidade, que convidam o público a vivenciar processos de desenho, a Exposição é pensada como um grande arquivo e conta com trabalhos de grupos, coletivos e organizações de variados tipos, projetos individuais, arquitetos e não-arquitetos, nos formatos de materiais expositivos e publicações. Os trabalhos selecionados envolvem ações no campo real, intervenções artísticas, exposição de trabalhos já executados e uma biblioteca contendo trabalhos escritos desde 2010. A escolha dos espaços na área central segue a intenção de criar um percurso caminhável a ser seguido pelo público, motivando que o visitante se relacione não apenas com a Exposição em si, mas com a cidade, motivo maior do evento. A Bienal divulgará em breve também a lista completa de artistas participantes e selecionados pela curadoria para o evento, e que participarão da Exposição e de sua programação contínua.

Mais informações para a imprensa

Tel: 11 5539 2344

BANSEN - Redação

Bia Bansen
bia@bansen.com.br

Marilia Schumann
marilia@bansen.com.br

 

Clean Barros
clean@bansen.com.br

Marcelo Fontenele
marcelo@bansen.com.br

 

Contato

Envie seus comentários!

Tem dúvidas? Precisa de mais informações? Entre em contato!

São Paulo, SP

Phone: 55 + 11 5539-2344

  Email: redacao@bansen.com.br