bansen

Assessoria de imprensa

Follow-us on | Like us on

31/10/2007

CINEMA ALEMÃO NA TV CULTURA:

EMISSORA FAZ PARCERIA COM EMBAIXADA DA ALEMANHA
E APRESENTA SETE FILMES INÉDITOS A PARTIR DE 6 DE NOVEMBRO

A TV Cultura apresenta, a partir do dia 6 de novembro, na “Mostra Internacional de Cinema na Cultura”, o Festival Alemão, que levará ao ar sete filmes inéditos, sempre às terças-feiras, às 23h40. Trata-se de uma parceria entre a emissora e a Kulturfest 2007-08 – evento promovido pela Embaixada da Alemanha, que promoverá em todo o país, entre outubro de 2007 e 2008, exposições, palestras, eventos musicais, peças de teatro, competições estudantis, participação em bienais, entre outros.

Na próxima terça-feira, dia 6, com apresentação do crítico de Cinema Leon Cakoff, será exibido o longa Woyzeck (1979), dirigido por Werner Herzog. O filme, baseado na dramaturgia do escritor alemão Georg Büchner, traz a história de um soldado comum, uma pessoa extremamente submissa, que é humilhado por tudo e por todos, e até serve como cobaia para experiências de medicina. Vive apenas para a mulher e o filho. Quando esta o trai com um oficial do exército, ele a mata. No elenco, Klaus Kinski, Eva Mattes e Wolfgang Reichmann. 

No dia 13, a TV Cultura apresenta o filme Meu Melhor Inimigo (1999), que retrata a tempestuosa e também lendária relação de trabalho entre dois mitos do Cinema, Klaus Kinski e Werner Herzog – este último responsável pela direção do longa -, e seus planos independentes e simultâneos de matar um ao outro. Um relacionamento de amor e ódio é um complicado quebra-cabeças para quem está de fora, mas ao mesmo tempo revela a profunda confiança entre um diretor e um ator. Uma rede de coincidências levou Herzog, então um estudante de 13 anos, a encontrar Kinski no mesmo apartamento em Munique. Em um ataque de raiva, Kinski destruiu todos os móveis do lugar. Era apenas um de seus acessos de fúria. Assim, Herzog sabia o que o esperava quando, alguns anos mais tarde, chamou Kinski para trabalhar em Aguirre, A Cólera dos Deuses. Outros quatro filmes marcaram definitivamente a parceria entre eles: O Enigma de Kaspar Hauser (seleção da 1ª Mostra), Nosferatu - O Vampiro da Noite, Fitzcarraldo e Cobra Verde.  

O filme Uma Noite em St. Pauli (St. Pauli Nacht / 1999) poderá ser visto no dia 20. O diretor alemão Sönke Wortmann fragmenta sua história para analisar o submundo do crime na noite de Hamburgo. O elo entre cada trama é um táxi que cruza a cidade de St. Pauli. Dentro do veículo estão Robby (Ill-young Kim), o motorista, e Johnny (Benno Fürmann), um jovem punk rebelde. Entre uma situação e outra, surge um homem que ameaça a multidão nas ruas com uma arma. Acidentalmente, ele mata o pobre Johnny. A partir desse momento, o filme mergulha na história do tal homem para tentar explicar a tragédia, além de passar por dramas de outros personagens, como o punk Sven (Florian Lukas), que fazem da vida noturna local um verdadeiro mundo à parte.    

Na última terça-feira do mês, dia 27, será apresentado o filme Aprendendo a Mentir (Learning to Lie/ 2003), de Hendrik Handloegten. Aos 32 anos, Helmut chega à conclusão de que não fez muita coisa de importante na vida, que perdeu muitas chances no passado depois de não ter concretizado o romance com o grande amor da sua vida, Britta. O filme então volta no tempo, aos anos 80, quando Helmut Kohl comandava uma Alemanha ainda dividida pelo muro prestes a cair. Helmut, o personagem, ainda mora com os pais na pequena cidade natal. Britta resolve ir morar na América. A nova realidade política afeta a vida dos amigos, mas Helmut continua apático. Ele começa a entender porque sua geração não se interessa por política, como o divórcio dos pais influenciou sua vida amorosa e, principalmente, percebe que talvez Tina possa ser a mulher de sua vida. Baseado no romance de Frank Gossen. No elenco, Fabian Busch, Susanne Bormann, Birgit Minichmayr, Fritzi Haberlandt, Sophie Rois e Florian Lukas.

            Programação de dezembro: 

 

03/12Meu Pai, Minha Mulher e Minha Amante (The Man Without a Life)

Baseado no romance Der Arme Verschwender, de Ernst Weiss, o filme mostra o mundo de Ernst. Filho de um dermatologista famoso, uma figura dominadora que dirige sua família com mão pesada, o rapaz não se rebela. Ao contrário, ele também quer se tornar um médico famoso. No entanto, o caminho que ele escolhe está longe de ser o ideal: casa-se com a empregada da família, depois a rejeita quando descobre que ela o enganou, mentindo que estava grávida. Ele então inicia um caso atormentado com uma jovem da nobreza casada, que abandona tudo para ficar com ele. Mas ele não pode ser inteiramente dela. Quanto mais sucesso faz na profissão, mais ele mergulha num mundo de manipulação, traição e poder, tecido por seu pai, sua esposa e sua amante.     

10/12 – Um Estranho Com Meu Filho (The Stranger With my Child)

Até a bela Anna, refugiada dos Bálcãs, chegar à cidade com seu filhinho. Achim leva uma vida atarefada, mas solitária, numa fazenda. O homem gentil e bondoso se apaixona pela melancólica Anna, que perdeu recentemente o marido e uma filha num incêndio. Eles se casam e ela logo engravida.

Quando ela começa a se comportar de maneira estranha, Achim fica perplexo e cada vez mais alarmado. O filho dela morre num acidente – teria sido mesmo um acidente? -. Achim não tem nenhuma razão para desconfiar, até que aparece um homem trazendo informações interessantes sobre Anna: ele é o primeiro marido dela, que não morreu em nenhum incêndio e acusa Anna da morte da filha. Temendo pela vida da criança que ainda não nasceu, Achim interroga a esposa, que o acusa de estar aliado a seu ex-marido. Achim mantém-se leal a ela, mesmo quando começa a sentir dores inexplicáveis, que pioram sempre que Anna lhe serve um chá... 

17/12 – Lili Marleen

Ao gravar a canção "Lili Marlene", Wilkie (Hanna Schygulla) se torna a cantora mais popular da Alemanha de Hitler. Mas mesmo no auge da fama, não encontra a felicidade por viver um amor proibido com Robert (Giancarlo Giannini), um músico judeu que participa da resistência contra os nazistas. Baseado na autobiografia da cantora Lale Andersen.

Sobre o Kulturfest – Estação Alemã 2007-08

A Alemanha e o Brasil cultivam, tradicionalmente, estreitas e bem sucedidas relações econômicas, políticas e culturais. E foram estas excelentes relações bilaterais que estimularam a Alemanha realizar o Kulturfest 2007-08. Promovido pela Embaixada da Alemanha em Brasília, pelo Consulado Geral de São Paulo e pelo Goethe Institut, e contando com a cooperação de um grande número de parceiros na Alemanha e no Brasil, o Kulturfest vai apresentar a mais fiel imagem jovem e moderna da Alemanha e de sua cultura. De 15 de outubro de 2007 a 3 de outubro de 2008, haverá em todo o país exposições, palestras, eventos musicais, peças de teatro, competições estudantis, participação em bienais e exposições, entre outros. Para mais informações, programação atualizada, press-releases e muito mais, visite o site do festival: www.Kulturfest.com.br

Informações para a imprensa:

Kultufest

BANSEN – (11) 5539-2344
Marília Schumann – e-mail: marilia@bansen.com.br
www.bansen.com.br

TV Cultura

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA RÁDIO E TV CULTURA
Alexani Barbosa - alebarbosa@tvcultura.com.br
www.tvcultura.com.br

Notícias relacionadas