Assessoria de imprensa

Follow-us on | Like us on

Paulistano faz curso de paramotor para conquistar uma vaga na tripulação da Família Schurmann

 

30-07-2013

 

PARA VELEJAR É PRECISO SABER VOAR!

Foto Divulgação Família Schurmann / Expedição Oriente.

 

Primeira família brasileira a dar a volta ao mundo a bordo de um veleiro, há 30 anos, os Schurmann sempre encontram amigos, curiosos, parentes e desconhecidos interessados em embarcar nas aventuras do clã por mares e oceanos do planeta. No dia 1º de dezembro deste ano, o sonho de muitas pessoas vira, de fato, realidade para um paulistano de 25 anos: Heitor Cavalheiro acaba de conquistar uma vaga na tripulação da Expedição Oriente e passará os próximos dois anos seguindo a rota dos chineses ao redor do globo. Para se destacar entre tantos candidatos ao que muitos chamam de "o melhor emprego do mundo", o jovem precisou aprender a... voar!

Produtor de cinema, trabalhando profissionalmente desde os 17 anos, Heitor foi o diretor de efeitos especiais de Desaparecidos, filme de David Schurmann. Próximo à Família, uma vez, perguntou ao Vilfredo o que era preciso para estar a bordo de uma expedição. Brincalhão, o capitão respondeu: "Precisa fazer nada. Precisa saber mergulhar. O resto aprende no barco". Para os Schurmann, "nada" significa saber trabalhar em equipe, gerenciar o tempo, prever riscos, estabelecer metas, técnicas de logística, lidar com imprevistos, respeitar o meio ambiente, falar outros idiomas, trabalhar com multifunções, ter noções básicas de culinária e limpeza, trabalhar sob pressão, lidar com outras culturas... mergulhar e saber os princípios básicos de navegação, claro.

Diante de pré-requisitos capazes de habilitar centenas de candidatos, foi no companheiro de filmagem que Heitor encontrou a dica que o levaria para a tripulação da Expedição Oriente. "Conversando com o David, ele falou sobre a ideia de ter algum piloto a bordo do barco para fazer imagens aéreas. Eu, imediatamente, fui pesquisar e, uma semana depois, me inscrevi num curso de paramotor", revela o jovem paulistano. Além de aprender a voar, ele também frequentou cursos de vela, mergulho e mandarim - afinal, a próxima aventura dos Schurmann está diretamente relacionada aos chineses. As ações de Heitor revelaram outras características importantes para os Schurmann, entre elas, perseverança, pró-atividade, disciplina e determinação. Depois de tanto esforço, a recompensa: o próprio capitão Vilfredo deu as boas-vindas a Heitor Cavalheiro na tripulação da Expedição Oriente.

"Lembro que, quando recebi a notícia, uma das coisas que Heloísa me perguntou na sequência foi: 'você tem ideia do tamanho da encrenca que você tá se metendo?'", conta. A resposta?! "Não faço ideia e é isso que eu estou doido para descobrir!", comemora Heitor. Viajante nato, o novo tripulante da Expedição Oriente morou na Irlanda por seis meses e já passou por mais de 100 cidades mundo afora. Sua última grande aventura foi em Machu Piccho, no Peru, onde filmou a região lá do alto, em seus vôos de paramotor. Em breve, suas imagens aéreas serão uma das novidades da próxima volta ao mundo da Família Schurmann, que em sua inédita viagem irá em busca de indícios capazes de comprovar as polêmicas teorias sobre os chineses terem sido os primeiros a contornar o globo.

Ao lado dos Schurmann, Heitor partirá da América do Sul e passará no continente Antártico. Em seguida, velejará pelo Oceano Pacifico, pela Polinésia, Nova Zelândia e Austrália. Então, subirá para Papua-Nova Guiné e, depois, irá ao Japão. Ainda na rota: China, Vietnã, Indonésia e África do Sul. De lá, retornará ao Brasil, onde deve desembarcar em novembro de 2015. Expedição Oriente, novo projeto da Família Schurmann, envolve inovação, tecnologia e sustentabilidade. A bordo, durante todo o percurso, Vilfredo, Heloísa, o filho Wilhelm e o neto Emmanuel - primeiro representante da terceira geração Schurmann em uma expedição ao redor do mundo. Os filhos Pierre e David (líder da tripulação de terra) seguirão por alguns trechos da aventura e a caçula Kat estará simbolicamente presente ao inspirar o nome do novo veleiro. Vale lembrar que a Expedição Oriente tem como patrocinadores a Estácio, a HDI Seguros e o Grupo Solví.

 

 

Notícias relacionadas

 

 

 

Wilhelm Schurmann se divide entre as competições internacionais e a próxima expedição ao redor do mundo com sua família

Decidido a embarcar no novo veleiro da família para dois anos de aventura por mares e oceanos do planeta, Wilhelm Schurmann prepara-se para conciliar a agenda de competições internacionais de windsurf com o extenso roteiro da Expedição Oriente.

27-06-2013 Família Schürmann
 

Vilfredo Schurmann fala da próxima aventura de sua família ao redor do mundo, a Expedição Oriente, no XI Encontro Nacional ABVC, em Florianópolis

Nesta sexta-feira, 31 de maio, Vilfredo Schurmann apresentará para o público do XI Encontro Nacional ABVC detalhes da Expedição Oriente, terceira aventura de sua família ao redor do mundo a bordo de um veleiro.

28-05-2013 Família Schürmann
 

PRIMEIRA FAMÍLIA BRASILEIRA A DAR A VOLTA AO MUNDO EM UM VELEIRO, OS SCHURMANN PREPARAM-SE PARA ZARPAR EM SUA TERCEIRA GRANDE EXPEDIÇÃO

No dia 24 de novembro de 2013, os SCHURMANN embarcam em seu novo veleiro e zarpam para a sua terceira grande aventura por mares e oceanos do planeta: a Expedição Oriente.

28-02-2013 Família Schürmann
 

Em coletiva de imprensa, Família Schurmann lança terceira expedição ao redor do mundo

Amanhã, quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013, a partir das 10h, na Cinemateca, a primeira família a completar a volta ao mundo a bordo de um veleiro, há 29 anos, lança oficialmente sua Expedição Oriente, projeto que envolve inovação, tecnologia e sustentabilidade. 

27-02-2013 Família Schürmann